sábado, 5 de outubro de 2013

Coisas de Famosos - Ana Malhoa

Ora bem, quem se lembra da Ana Malhoa lembra-se do buereré (eu escrevi buereré e há a correção certa da palavra) , do macaco Adriano do A, E, I, O, U.
E agora o que se vê? Ainda se vê o A, E… Ok, os homens ficam-se pelo A e pelo E.

-Epah, a Ana Malhoa é boa não é? (mostra uma foto dela)
-Aaaaa… É É!

Mas vamos mais longe, há homens que se for preciso ainda se lembram das vogais todas.
-Epah, já me viste a aquelas pernas?
-Aaaa É I O cU?


Fora de brincadeiras, se a minha mãe soubesse que ela ia por estes caminhos não me deixava ver o programa. Já agora, não podem dizer que ela era ‘’simples’’ e tal, sem se mostrar, e que agora se mostra, mas isso tem uma razão de ser, ou acham que aquilo é só para mostrar o que tem? Claro que não, ela é assim porque esta a acompanhar as crianças que assistiam ao buereré, as crianças crescem, interessam-se por outras coisas, e ela achou que participar no crescimento das crianças era o indicado, ora bem, os rapazes começam a olhar para a Ana Malhoa com olhos de bicho papão, as raparigas, por causa do buereré (espero eu) querem ser como ela, ora como ela adota um ‘‘estilo’’, e sim entre aspas que não sei se aquilo é roupa suficiente para ser considerado estilo, diferente vestem-se assim, os rapazes percebem que a televisão ou as revistas não dão o que querem, viram-se para as seguidoras!
Digam-me se não é verdade. Experimentem levar uma foto da Ana Malhoa para um centro comercial a um domingo e comecem a comparar as raparigas que passam a frente e digam-me se não tenho razão! Mas levem uma fotografia de bolso se não ainda vos chamam tarados!!

Eu tenho andado a tentar perceber uma coisa, ela esteve presa? É que com aqueles braços ou esteve presa ou nas obras, mas o que me levou á decisão entre presa e nas obras foram as tatuagens, para quê aquilo? Se isso pega moda qualquer dia vemos o Quim Barreiros com uma tatuagem a dizer ‘‘O Bacalhau quer Alho’’ ou o Michael Carreira com um coração no braço.

Não comecem ‘‘mas as tatuagens são algo normal e que não têm mal’’, se o papa fizesse um piercing, era igual? Trata-se de princípios, de história, de ensinamentos. O que é que os vossos filhos vão pensar quando lhes disserem.

-Oh filho, foi a Ana Malhoa que me ensinou o A, E, I, O, U.
E os vossos filhos, na sua inocência vão ao Google e fazem uma procura a dita cuja, bom, pelo menos já têm desculpa para os vossos filhos quando as coisas aquecerem no quarto.
-Pai, que barulho era aquele no teu quarto e da mãe?
-Ah… Filho, a tua mãe estava-me a ensinar a contar..


A única coisa que pode correr mal é os vossos filhos vos pedirem para a mãe os ensinar também.

Sem comentários: