terça-feira, 26 de agosto de 2014

Sou dono de uma casa de "alterne"

Venho aqui informar de uma coisa que me tinha esquecido [botão da ironia: ON ] Eu tenho um negócio de Serviços sexuais em minha casa, peço desculpa às minhas migas que já dormiram cá com os respectivos namorados durante as festas que fui fazendo ao longo do tempo, mas foi tudo combinado, eles pagaram me os vossos serviços e o alojamento. Por isso já sabem, se tiverem interessados já sabem com quem falar. [Botão de ironia: OFF ]
Vamos la parar com as merdas. Isto é tudo por causa de uma situação que aconteceu hoje. Estava eu, o padrinho do mini e a namorada do padrinho a sair de casa quando o padrinho se lembra de voltar para dentro, eu sai e fiquei a falar com a namorada dele e, vindo do nada, começo a ouvir uma mulher aos gritos zangada ''Não gosto nada dessa menina, vou chamar a policia, eu sei o que andam a fazer, vou chamar a policia''. Eu e ela ficamos do tipo, ela está aos berros com quem?? Passei os olhos pela rua de cima a baixo e não estava ninguém. Viro-me para a senhora (claro, com respeito para não começar a adjectivar a senhora) ''Diga'' ao que ela me responde ''Eu sei o que andam a fazer ai, eu conheço a senhora (a minha mãe) que mora ai e vou chamar a policia, sou psicóloga e sou mãe sei o que se passa ai''.
Nisto fiquei eu e a namorada padrinho a olhar um para o outro tipo ''Oi?? Qué que ela está para ali a dizer'' do nada o tico e o teco deram luz ao que dirijo a palavra à dita cuja à janela ''Eu moro nesta casa, sou pai e ela é a namorada do padrinho do meu filho'' e ela surpreendida pergunta ''É pai?'' sei que sem barba pareço mas novo, mas se ela vê tanta gente a entrar e a sair para insinuar que aquilo é uma casa de alterne também deve ter olhos na cara para me ver 15 dias seguidos a sair de casa no inicio do mês com um carrinho de bebé. Depois de se fazer luz naquela cabecinha ela diz ''Ah.. Desculpe..'' ao que lhe respondo ''Ela está assim vestida porque vamos para a praia'' (qual é o mal de uma rapariga estar com uma camisa daquelas mesmo à mulher para ir à praia e uns calções?) ao que a minha querida vizinha ficou calada a olhar...

Agora mesmo fora de brincadeiras, então expliquem-me lá o que é que a mulher tem haver com o que se passa em minha casa (ou na casa de quem quer que seja) podiam-me pedir a casa para orgias dia sim dia não que ela não tinha nada com isso, é do prédio à frente, não leva com barulho nenhum, se fizéssemos festas de janelas e portas abertas com musica alta ok, ai tudo bem.

Isto irrita-me porque a mulher decidiu fazer um banzé de um lado da rua para o outro sobre a minha casa no qual a minha família passa tempo e onde os meus amigos podem ir e estarmos todos à vontade, sem ter provas ou sequer fundamentos para dizer tal coisa. Da próxima já que é psicologa ou o caralhinho que a fodesse (é que é mesmo assim) desce as escadinhas do prédio e vem falar comigo como adulta que aparenta ser pela idade. 

Desculpem-me o palavreado sofisticado agora no final mas o que ela fez foi insultar a namorada do padrinho do meu filho e difamar as pessoas que passam pela minha casa e a minha pessoa. 

Sem comentários: